Tamanho do texto

Time paulista chegou como favorito antes mesmo do início da competição, mas derrota contra o Boca Juniors na Argentina acaba mudando o cenário

As semifinais da Copa Libertadores da América começaram de maneira completamente diferente para as equipes brasileiras que ainda sobrevivem na competição: enquanto gremistas comemoram ter vencido o River Plate na Argentina os palmeirenses voltam de lá ainda com dor de cabeça após terem sido derrotados pelo Boca Juniors , o que muda o cenário do Palmeiras favorito na Libertadores.

Palmeiras favorito na Libertadores? O cenário mudou
Reprodução
Palmeiras favorito na Libertadores? O cenário mudou


Os sites de apostas, como por exemplo o Betz Club , apontavam o Palmeiras favorito na Libertadores antes mesmo do início da competição. E o time que primeiro foi comandado por Roger Machado e depois por Felipão vinha justificando este status rodada após rodada do torneio continental.

Porém, após voltar da Argentina com um placar de 2x0 na bagagem nas semifinais contra o Boca Juniors, o time paulista viu cair consideravelmente as suas chances de conquistar o título e de ir para o Mundial de Clubes da FIFA representando o futebol sul-americano.

O grande problema para os palmeirenses é a regra do gol qualificado, que foi removida dos torneios nacionais mas continua em vigor na Libertadores. Com isso, caso leve um gol na próxima quarta-feira jogando no Allianz Parque precisará marcar quatro gols para ir à final. Uma vitória por 2x0 leva a decisão para os pênaltis.

Palmeiras favorito na Libertadores? O cenário mudou
Reprodução
Palmeiras favorito na Libertadores? O cenário mudou


Leia também: Confrontos entre brasileiros e argentinos na Libertadores movem semifinais

Pelo lado do Palmeiras o técnico Luiz Felipe Scolari fez questão de falar sobre a partida e deixar claro que ainda acredita na classificação após a segunda partida:

– Não tem nada de apagão. O Boca jogou bem. Do outro lado tem jogadores de qualidade. Mesmo com a dificuldade que tínhamos, o Boca teve pouca chance para fazer o gol. Se tomamos dois gols, se não criamos, se não fizemos o que normalmente nós fazemos, vamos tentar fazer no segundo jogo.

Outra equipe que melhorou as suas chances de conquistar o título da Copa Libertadores foi o Grêmio, que venceu o River Plate na casa do adversário e está mais vivo do que nunca na disputa pelo bicampeonato consecutivo, que transformaria os gaúchos no brasileiro com mais títulos na história da Libertadores.

Além dos argentinos, o maior rival gremista na partida de volta será o gramado de sua Arena, muito danificado após um show da cantora Shakira no meio da última semana. Maior ídolo da história do clube, o treinador Renato Gaúcho resumiu bem o sentimento gremista após a primeira partida:

– Parabenizei o grupo pela partida que fizeram, pela pequena vantagem que conseguimos nos primeiros 90 minutos, sempre muito importante fazer gol na casa do adversário, tem gol qualificado, também não tomamos nenhum. É importante, porque a equipe se dedicou.

Em uma competição que começou com o Palmeiras favorito na Libertadores o brasileiro que está mais próximo de conquistar o título acaba sendo o Grêmio, e resta saber se os times de Felipão e Renato Gaúcho irão sobreviver e se  classificar para a grande final após as partidas desta semana.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.