Tamanho do texto

Liberdade de classes, exploração livre e mais motivos para conhecer a galáxia Andromeda no novo jogo da franquia Mass Effect

Mass Effect: Andromeda foi lançado na última terça-feira (21), e trouxe uma série de inovações para a franquia. O game, que não tem qualquer relação com seus antecessores, foi pensado para acontecer em torno de uma narrativa e focar no RPG , resgatando as origens da franquia. Veja cinco razões pelas quais vale a pena jogar o novo game da BioWare :

Leia também: FPS brasileiro, Ballistic Overkill recebe data e trailer de lançamento

Mass Effect
Reprodução
Mass Effect


Sistema de Tom

O novo sistema de tom implementado em Mass Effect : Andromeda faz com que o jogador tenha que decidir o que fala e como fala, pois deverá arcar com as consequências da interpretação de seu tom pelos demais personagens. Além disso, traz mais nuances para o jogo e altera a forma como concordar ou discordar de algo irá afetar as relações no game. Outro ponto que é afetado pelo novo sistema são as cenas de sexo, onde não é mais necessário atingir o máximo de romance para conseguir uma cena erótica no game. O jogador pode "dar uma rapidinha" com um personagem.

Leia também: Promoção da PSN dá até 90% de desconto em games exclusivos do PlayStation

Exploração livre

Com uma galáxia inteira a ser explorada, os jogadores ficam livres para escolher um dos muitos planetas da galáxia Andromeda. Cada planeta tem uma temática diferente, e é possível encontrar elementos novos, que podem ser coletados e usados para criar armaduras, armas e mais coisas. Dentre as temáticas possíveis, há planetas que enfrentam revoluções políticas, questões ambientais e muito mais.

Liberdade de Classes

Esse novo game da franquia não tem um sistema de classes. O jogador começa como ser humano, que chega para tentar colonizar a galáxia Andromeda, até então, desconhecida. Conforme ele vai completando missões e realizando tarefas, novas classes vão sendo desbloqueadas. Segundo a desenvolvedora do jogo, isso ajudou a eliminar o sistema binário, que podava muitas das decisões do jogador. A única binariedade presente neste game é a escolha de começar como homem ou mulher.

Multiplayer

O modo multiplayer traz mais história que o singleplayer. Só isso já basta para esclarecer que é muito mais interessante jogar com  os amigos que jogar sozinho, o que também possibilita um maior envolvimento com a narrativa. De acordo com a BioWare, isso é um pequeno presente para os usuários.

Leia também: PS4: Saiba tudo sobre o console mais popular da Sony

Colonização

A raça humana de Mass Effect: Andromeda está chegando a uma nova galáxia na tentativa de colonizá-la e poder se instalar nela. Ao lidar com os problemas de cada planeta, o jogador terá a possibilidade de criar colônias neles e acordar os colonizadores que estão dormindo. Com isso, é possível desenvolver as áreas de ciência, engenharia, agricultura e muitos outros. Também é possível construir mais partes da Nexus, a estação espacial de outros games da franquia.

    Leia tudo sobre: PS4
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.