Tamanho do texto

Após a decepção que Infinite Warfare foi para os fãs, produtora garante que Call of Duty irá voltar às raízes e levar o jogador de volta a combates tradicionais e abandonar o tom futurista adotado há alguns anos

Após Infinite Warfare não cumprir com as expectativas dos fãs, a Activision comentou sobre o estado da franquia Call of Duty durante uma conferência financeira com seus principais investidores. Nela, a empresa admitiu que Infinite Warfare não se conectou com seus fãs, e que, mesmo sendo o jogo mais vendido nos Estados Unidos em 2016, as vendas do game ficaram abaixo do esperado. O título vendeu menos que Black Ops III .

+ Ex-atriz pornô, Bárbara Costa fala sobre o Barbaridade Nerd, seu canal geek

Franquia Call of Duty voltará às suas origens em 2017 e levará os jogadores de volta a combates tradicionais; tom futurista não agradou
Reprodução/Youtube
Franquia Call of Duty voltará às suas origens em 2017 e levará os jogadores de volta a combates tradicionais; tom futurista não agradou

Para tentar sanar o problema, a produtora responsável pela franquia Call of Duty garantiu que, em 2017, o game irá voltar às suas raízes, levando os jogadores de volta aos combates tradicionais. "Está claro que, para uma parte de nossa audiência, o ambiente de espaço simplesmente não conectou com eles," afirmouThomas Tippi, chefe de operações da Activision, em tradução livre.

+ Jogador de Counter-Strike é banido por mil anos por assediar menor de idade

"Nós temos um estúdio apaixonado e experiente que está profundamente compromissado com essa direção, e apesar dos riscos que vimos, nós acreditamos que é importante considerar as paixões dos nossos times em decidir qual conteúdo criar," Tippi acrescentou, em tradução livre. Depois, o executivo passou a falar sobre o próximo jogo da série - que deverá abandonar o tom futurista adotado por outros games da franquia.

De acordo com ele, o jogo irá voltar às suas raízes, e terá combates tradicionais como palco novamente. Isso se deve, em parte, graças à pressão que os fãs do game têm feito. "Isso é o que nossa comunidade dedicada de jogadores de Call of Duty e a Sledgehammer Games, que está desenvolvendo o título desse ano, estão mais empolgados pra ver", finalizou.

+ PS4: Saiba tudo sobre o console mais popular da Sony

Rumores dão conta de que o próximo game da franquia Call of Duty poderá se passar na guerra do Vietnã ou em outro confronto antigo. A produtora ainda não se manifestou sobre a veracidade dos rumores ou sobre qual será o próximo conflito a ser abordado pela franquia de jogos de guerra.

    Leia tudo sobre: PS4
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.