Tamanho do texto

Jogos de RPG fazem a cabeça de muitos adolescentes ainda hoje. Entenda o que são e o que é necessário para se tornar um mestre das cartas

Quem assistiu "Stranger Things" deve se lembrar da cena dos garotos no porão, jogando dados, quando são pegos pelo Demogorgon, que acaba com o jogo. Na cena, cada um dos personagens interpretava um papel, cavaleiro, soldado, atirador... Os meninos da série estavam participando de um RPG - não aqueles exercícios para corrigir a postura, mas sim, um Role Playing Game , ou, jogo de interpretação de pápeis, em uma tradução literal.

"Sou um fantoche", diz Guillermo Del Toro sobre trabalho em Death Stranding

Cena de
Reprodução/Netflix
Cena de "Stranger Things" mostra o RPG Dungeons & Dragons, um dos clássicos mais famosos dos jogos de representação

Os jogos de  RPG  fazem a cabeça de jovens e adultos mundo afora, onde cada um escolhe um personagem para representar e monta seu deck, de acordo com suas estratégias. Há diversos tipos de mundos possíveis, como fantasia, ficção científica ou terror, e cada mundo necessita de coisas específicas para que o jogo comece. Contudo, para o estudante Arthur Gonçalvez, de 21 anos, "as únicas coisas que você precisa para começar são imaginação e um grupo de amigos".

Sendo titpicamente sociais e colaborativos, os jogos do tipo envolvem um baralho (ou deck), um livro de regras e dados de várias faces. Ocasionalmente, o jogo tem perdedores e vencedores. Isso porque, na maioria das histórias narrativas dos games, os jogadores se unem em um time apenas, e, através do tabuleiro, desbravam os segredos do mundo que estão explorando. Como não possuem uma narrativa fechada, um roteiro a ser seguido, os jogos podem durar muitas horas e sofrer várias reviravoltas, de acordo com as decisões dos envolvidos.

Brasil Game Cup terá primeiro torneio de CS:GO no Rio de Janeiro

Como existem diversos tipos de RPGs, o gameplay pode ser bem variado. Existem aqueles que tem como foco os combates e o pensamento tático, e se assemelham aos jogos de tabuleiro, como o clássico Dungeons & Dragons. Porém, há também aqueles que são mais voltados para a interpretação e para as interações entre os jogadores, como é o caso de Vampiro: A Máscara. Obviamente, como esse tipo de game é bastante aberto e não-linear,  existem ainda aqueles que mesclam os estilos de jogo.

Para Arthur, não existe um tipo de jogo ideal para cada jogador, que possa ser definido através de um teste ou algo do tipo. "O RPG ideal é aquele com o qual você se identifica mais, seja uma fantasia medieval aos moldes de 'Senhor dos Anéis', uma aventura espacial como 'Star Wars' ou ainda um apocalipse zumbi de 'The Walking Dead' ", afirma o estudante.

Pequeno Guia de Magic

Jogos de RPG como Magic conquistam públicos cada vez maiores e estão presentes em grandes eventos, como a Comic Con Experience
Karine Seimoha/iG São Paulo
Jogos de RPG como Magic conquistam públicos cada vez maiores e estão presentes em grandes eventos, como a Comic Con Experience

Magic é um dos jogos de RPG que vêm conquistando mais e mais jogadores no Brasil. Resumidamente, trata-se de um RPG de TCG - Trade Card Gaming -, em que o objetivo principal é acabar com os pontos de vida de seus adversários. Seus diversos modos de jogo contribuem para a popularidade adquirida nos últimos tempos. Cada modo tem suas regras específicas. Dentre esses modos, o jogo pode ser tanto competitivo, quanto casual. Há ainda uma liga profissional de Magic, com premiações de encher os olhos de qualquer jogador.

Para um jogo em seu modo mais básico, o jogador assume o papel de um mago e seu Deck (Grimório) é o "Livro de Magia". Existem 5 cores (Branco, Azul, Preto, Vermelho e Verde), e cada cor representa a origem da magia. Cada jogador tem 20 pontos de vida e pode ganhar ou perder pontos de vida ao longo do jogo ou com habilidades de carta.

Montar um bom deck irá depender da estratégia (e do bolso!) de cada jogador, e as cartas podem ser adquiridas em conjunto (em lojas especializadas, é possível montar um deck completo e personalizado, escolhendo carta a carta, a partir de sua estratégia) ou separadamente.

Jornalista da Globo pede dicas de LoL e é disputado por equipes profissionais

Mas porque um jogo de cartas atrai tantos jovens e adultos? Para Murilo Calore, de 18 anos e jogador assíduo de Magic, é o fato de o game exigir o raciocínio. "O que atrai tanto os jovens no Magic, eu acho que é o desafio que os jogos trazem, a quantidade diferente de decks que o jogo possui. Dificilmente você vai jogar com alguém que tenho o mesmo deck que outra pessoa, além do fato de que qualquer ação pode mudar o jogo completamente, fazendo com que o jogador tenha que estar preparado para qualquer mudança que aconteça no jogo".

RPG Live Action

Considerado uma evolução dos jogos do gênero RPG, no live action os jogadores não se sentam em uma mesa e imaginam um cenário, como é feito tradicionalmente. Jogado geralmente em parques e grandes áreas verdes, os jogadores se fantasiam como os personagens que irão interpretar e exploram o cenário a sua volta, recriando as histórias do livro escolhido. Quando existe a necessidade de testar alguma habilidade do personagem, ao invés de rolar os dados, é feita uma rápida comparação de atributos - que, algumas vezes, é feita através do clássico "pedra-papel-tesoura".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.