Tamanho do texto

Produtora de Overwatch entrou em contato com a Sony e a Microsoft para tentar resolver o problema do uso dos hardwares em consoles

A Blizzard , produtora responsável por Overwatch, decidiu declarar aos jogadores sua opinião sobre o uso de hardwares como mouse e teclado em consoles, como PS4 e Xbox One . E, segundo os representantes da companhia, esta não é uma prática adequada.

+ Hideo Kojima afirma que Death Stranding é um jogo para o mercado

Overwatch
Reprodução
Overwatch

"O time de Overwatch desaprova o uso de mouse e teclado nos consoles", esclareceu, em tradução livre, Jeff Kaplan, diretor do game e vice-presidente da Blizzard, em uma publicação nos fóruns oficiais da companhia. De acordo com ele, a equipe já entrou em contato com a Sony e a Microsoft para expressar essa preocupação com os jogadores que utilizam equipamentos não-oficiais nos consoles.

+ Confira 5 games com animes que garantem a diversão da galera

"Nós pressionamos e vamos continuar fazendo isso para que as fabricantes dos consoles desativem o suporte ao mouse e teclado por meio de conversão de entrada ou abram e facilitem o uso destes dispositivos para os jogadores", explicou, em tradução livre. Na postagem, ele ainda incentiva os jogadores a fazerem a mesma solicitação para as empresas, de maneira "produtiva e educada".

Sucesso meteórico

Lançado apenas em maio de 2016, Overwatch segue a linha de sucessos da Blizzard, dona de World of Warcraft e StarCraft. O game é o primeiro de tiro em primeira pessoa da desenvolvedora e enfatiza a jogabilidade cooperativa, contando com um vasto elenco, onde cada herói tem suas próprias habilidades e funções dentro de uma equipe. O jogo contou com um modo beta aberto e online de história, o que fez com que ele ganhasse muita fama entre os gamers, conquistando uma grande base diária de usuários ativos.

+  PS4: Saiba tudo sobre o console mais popular da Sony

Overwatch está disponível para PS4 , Xbox One e Microsoft Windows, e se passa em um futuro próximo na Terra. Existe uma guerra  contra máquinas encerrada por uma força-tarefa da ONU, que leva o nome do game. Esse grupo foi separado após o fim da guerra, já que não havia mais necessidade de um grupo de guerrilheiros tão bem treinados e fortemente armados. Contudo, um novo inimigo agora ameaça o planeta, e esse grupo deverá se reunir novamente. O game foi vencedor da categoria Melhor Jogo no The Game Awards 2016. No começo deste ano, o jogo bateu a marca dos 25 milhões de jogadores registrados.

    Leia tudo sobre: PS4
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.