Tamanho do texto

Este foi o ano em que os jogos independentes conquistaram mais espaço no universo gamer; confira a seleção com os dez melhores

O ano de 2016 foi marcado pela ascensão dos jogos independentes, tanto no Brasil, quanto no exterior. O iG selecionou os dez melhores.

Deu ruim! Jogos que foram adiados de 2016 para 2017 e até mesmo 2018

Confira os dez melhores jogos independentes de 2016:

The Witness

The Witness
Reprodução
The Witness

Apresentado na forma de quebra-cabeças,  The Witness se apresenta na forma de uma aventura em primeira pessoa. Todos os quebra-cabeças são baseados na mecânica de traçar um caminho através de um labirinto desde um ponto de partida, representado por um círculo, até um ponto final, representado por um segmento de linha com final arredondado. Tudo isso sem cruzar a rota traçada em nenhum momento.

Skydome

Skydome
Reprodução
Skydome

Desenvolvido ao longo de 2015, o objetivo em  Skydome é é destruir as quatro bases do time inimigo enviando tropas de luta em uma arena. O tempo médio de cada partida é de 10 minutos. Focado no modo multiplayer, o game de estratégia em tempo real permite que o usuário controle um herói e escolha o momento certo para atacar os inimigos e defender sua base.

Dolmen

Dolmen
Divulgação
Dolmen

Ambientado em uma realidade de ficção científica, o game se passa no ano de 4152. Em  Dolmen , os seres humanos dominam colônias de exploração em outros planetas. Contudo, alguns seres humanos foram abduzidos para o planeta que leva o nome do game. Assim, o objetivo principal do jogador é escapar do planeta hostil com vida, derrotando as criaturas maléficas que encontrar pelo caminho.

The Last War

The Last War
Reprodução
The Last War

Ambientado em mundo pós-apocalíptico,  The Last War coloca o jogador no meio de uma infestação zumbi. Com o objetivo de sobreviver o maior tempo possível e encontrar armamentos para derrotar as criaturas em decomposição, é possível alternar as câmeras entre primeira e terceira pessoa. O grande diferencial deste game é seu cenário: os mortos-vivos estão no Rio de Janeiro!

The Last Guardian é a obra de arte pela qual os fãs estavam esperando

Alkimya

Alkymia
Reprodução
Alkymia

Nesta aventura digital, o grande objetivo é misturar itens e criar poções, que conferem ao personagem diferentes habilidades. Para que? Derrotar monstros! Quando o personagem bebe as misturas das poções, ele também adquire forças para continuar sua jornada. Alkimya é um projeto do curso de jogos digitais do Instituto de Ensino Superior de Brasília (IESB).

Stardew Valley

Stardew Valley
Reprodução
Stardew Valley

Gosta de games de fazenda?  Stardew Valley é a aposta nesse ramo. Com fortes influências na série Harvest Moon, o game traz algumas inovações para o gênero de simulação agrícola. Todas elas foram pensadas para resolver deficiências dos games desse tipo.

Darkest Dungeon

Darkest Dungeon
Reprodução
Darkest Dungeon

Darkest Dungeon é um RPG que leva o jogador de volta às terras lendárias da família do protagonista, onde seu pai lançou uma terrível maldição. O local deve ser limpo antes que o mal tome conta e o sofrimento se propague, e impeça o jogador de resgatar seus tesouros e sua herança. Para isso, é necessário contratar uma equipe de aventureiros, que deverá estar disposta a morrer para ajudar o jogador a completar seu objetivo final.

Inside

Inside
Reprodução
Inside

Inside apresenta ao jogador um universo perturbador, em que claramente há algo errado. Contudo, nunca deixa claro o que aconteceu de fato para levar o mundo ao ponto que é mostrado no game. Em um sistema de quebra-cabeça de plataforma, o jogador é lançado em uma floresta sombria, onde aprende que aquele ambiente é extremamente hostil e seus habitantes não terão qualquer problema para acabar com a sua vida.

Owlboy

Owlboy
Reprodução
Owlboy

Resgatando as origens do 16-bit, Owlboy leva o jogador a uma incrível jornada nostálgica, como se fosse um game de Super Nintendo ou Mega Drive nunca jogado. No game, o jogador controla Otus, um garoto-coruja que deve salvar seu vilarejo do ataque de terríveis piratas. Para tal façanha, ele deve encontrar a Wind Machine, uma máquina que está escondida em algum lugar do mundo. Isso faz com que o protagonista tenha que viajar em busca da solução de seus problemas.

A Treta dos Irmãos Piologo

A Treta dos Irmãos Piologo
Reprodução
A Treta dos Irmãos Piologo

Kelazhur, campeão da Copa América de StarCraft II, fala sobre a carreira

Os irmãos Piologo, uma dupla de humoristas da internet, produziram seu primeiro game mobile em 2016, e entraram para a lista de jogos independentes do ano. A Treta dos Irmãos Piologo  é apresentado como um game de plataforma, e a narrativa é bastante simples. Basicamente, o jogador controla Rodrigo Piologo, que deve recuperar seus preciosos consoles - roubados por seu irmão, Ricardo Piologo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.