Tamanho do texto

Deus Ex: Mankind Divided, Far Cry: Primal e outros games foram lançados em 2016, mas todo mundo se esqueceu deles; confira a lista de games

O mundo dos games foi realmente agitado em 2016, com tantos lançamentos e diversos outros adiamentos. Contudo, alguns games foram, lançados e esquecidos! Esse é o caso de Deus Ex: Mankind Divided, Far Cry: Primal e diversos outros integram a lista. Confira os oito games esquecidos deste ano:

+  Deu ruim! Jogos que foram adiados de 2016 para 2017 e até mesmo 2018

Deus Ex: Mankind Divided

Deus Ex: Mankind Divided
Reprodução/Youtube
Deus Ex: Mankind Divided

Deus Ex: Mankind Divided foi lançado em 2016, mas quase ninguém se lembra dele. O game é uma sequência direta de seu antecessor, Deus Ex: Human Revolution, e apresenta um futuro pós-apocalíptico e distopico, em que a sociedade está dividida entre aprimorados (que receberam tecnologia em forma de implantes desenhados para serem controlados pelos sinistros Illuminati) e não-aprimorados. De acordo com críticos do game, isso pode ser entendido como uma crítica à sociedade atual.

Far Cry: Primal

Far Cry: Primal
Reprodução
Far Cry: Primal

Far Cry: Primal é ambientado dez mil anos antes de Cristo, e coloca os jogadores em uma aventura pré-histórica, onde o principal (para não dizer único) objetivo é coletar recursos e expandir sua vila. Além disso, sobreviver, já que os nativos de outras tribos não são muito amigáveis. Essa é uma boa premissa, mas que se perdeu em meio a tantos lançamentos que o ano de 2016 teve.

Quantum Break

Quantum Break
Divulgação
Quantum Break

Quantum Break chegou ao mercado com tudo para ser incrível. Novo trabalho dos desenvolvedores de Max Payne e Alan Wake, o game chegou cercado de expectativas, mas não vingou. A qualidade do jogo deixou muito a desejar. Lançado apenas para Xbox One e PC, o jogo deveria usar a Xbox One TV, ferramenta que nunca chegou a ser lançada – e comprometeu o desenvolvimento do game. Além disso, o gameplay foi alvo de críticas dos fãs que chegaram a jogar.

Mirror's Edge Catalyst

Mirror's Edge Catalyst
Divulgação
Mirror's Edge Catalyst

Sem alarde, a EA lançou Mirror’s Edge Catalyst em junho. Por isso, muita gente nem sabia que o game existia – mas aqueles que souberam, queriam nunca ter jogado. Com uma história diferente da original, o novo título passou longe da trama que fez sucesso entre os gamers no primeiro jogo. Além disso, muitos jogadores reclamaram das missões opcionais repetitivas e da história em si.

PS4: Saiba tudo sobre o console mais popular da Sony

Star Fox Zero

Star Fox Zero foi lançado para Wii U para agradar aos fãs da franquia, mas acabou tendo o efeito inverso
Divulgação
Star Fox Zero foi lançado para Wii U para agradar aos fãs da franquia, mas acabou tendo o efeito inverso

Clássica franquia da Nintendo, Star Fox ganhou um novo título em abril para Wii U. Mas isso definitivamente não deveria ter acontecido e os fãs devem estar arrependido de terem tanto pedido. O novo game não trouxe quase nada de novo. Apesar da Nintendo ter tentado dar uma função ao controle de movimento do Wii U no jogo, os gráficos pararam nos anos 1990 e a jogabilidade passou longe de ser algo bom.

Battleborn

Battleborn
Reprodução
Battleborn

Com o crescimento da expectativa de Overwatch , muitos estúdios correram para lançar games de tiro, tentando pegar carona no sucesso do FPS da Blizzard prometia ser (e, de fato, é!). Battleborn é uma dessas tentativas. Com gameplay fraco, o jogo não empolgou a acabou caindo no esquecimento - até porque, foi lançado apenas uma semana antes que o FPS mais popular do momento.

Ratchet & Clank

Ratchet & Clank
Reprodução
Ratchet & Clank

Apesar de ter personagens simpáticos,  Ratchet & Clank também caiu no esquecimento em 2016. O game foi lançado em abril deste ano e acompanhou o filme de mesmo nome. Considerado pela crítica como um dos melhores games de plataforma do ano, conta com diversos mundos e excelentes desafios. Contudo, sua proposta de acompanhar um longa fez com que ele rapidamente caísse no ostracismo.

I Am Setsuna

I Am Setsuna
Reprodução
I Am Setsuna

I Am Quem? O game foi uma aposta de um novo estúdio da produtora Enix Square, que ficou encarregado de criar novos títulos para o gênero de RPG. Lançado no meio do ano, aproveitou bem a entressafra de lançamentos de games, mas, com a chegada do segundo semestre e seus lançamentos muito aguardados,  I Am Setsuna também foi esquecido pelos jogadores.

Deus Ex: Mankind Divided está entre os lançamentos do ano

    Leia tudo sobre: PS4
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.