Tamanho do texto

O ano de 2016 contou com muitos lançamentos de jogos para PC; confira a seleção com os dez melhores games para quem curte jogar no computador

O ano de 2016 foi bem movimentado no mundo dos games, e contou também com muitos lançamentos de jogos para PC. Assim, o iG selecionou os dez melhores lançamentos deste ano.

Com novidades para o PlayStation, Sony conquistou novos fãs em 2016

Confira a lista dos dez melhores lançamentos de jogos para PC de 2016:

Overwatch

Overwatch
Divulgação
Overwatch

Overwatch é um game de FPS ,  que teve lançamento mundial em 24 de maio. Pertencente a categoria de tiro em primeira pessoa, foi desenvolvido pela Blizzard Entertrainment. O game enfatiza a jogabilidade cooperativa, contando com um vasto elenco, onde cada herói tem suas próprias habilidades e funções dentro de uma equipe. O jogo contou com um modo beta aberto e online de história, o que fez com que ele ganhasse muita fama entre os gamers, conquistando uma grande base diária de usuários ativos.

Overwatch está disponível para PS4, Xbox One e Microsoft Windows, e se passa em um futuro próximo na Terra. Existe uma guerra  contra máquinas encerrada por uma força-tarefa da ONU, que leva o nome do game. Esse grupo foi separado após o fim da guerra, já que não havia mais necessidade de um grupo de guerrilheiros tão bem treinados e fortemente armados. Contudo, um novo inimigo agora ameaça o planeta, e esse grupo deverá se reunir novamente. O game foi vencedor da categoria Melhor Jogo no The Game Awards 2016. 

XCOM 2

XCOM 2
Reprodução/Youtube
XCOM 2

XCOM 2 é a continuação do game original exige do jogador a criação de estratégias, além de novidades como mapas gerados proceduralmente, novas mecânicas de stealth e uma enorme invasão alienígena. Os invasores estabeleceram uma nova ordem mundial, e o jogador deverá combate-la para restabelecer o controle e a paz do planeta Terra.

Shadow Warrior 2

Shadow Warrior 2
Reprodução
Shadow Warrior 2

Shadow Warrior 2 é mais um dos games de FPS que entraram para a nossa lista. O game foi lançado para PC neste ano, e será lançado para PS4 e Xbox One no próximo ano. No jogo de ação, o usuário deve assumir o controle de Lo Wang em partidas offline ou online com até outros três guerreiros a fim de destruir as legiões demoníacas que ameaçam a segurança do mundo, banhado a muito sangue, é claro.

Por apostar na violência exagerada, é recomendado apenas para maiores de 18 anos. Ele conta com mais de 70 tipos diferentes de armas para exterminar as criaturas das trevas. Ao matar os inimigos, é possível evoluir, aprimorar e customizar as armas de matança, atribuindo até mesmo propriedades elementais a eles, como água, fogo, ar e terra.

Plants vs. Zombies Garden Warfare 2

Plants vs. Zombies Garden Warfare 2
Reprodução
Plants vs. Zombies Garden Warfare 2

Apresentado na E3 2015,  Plants vs. Zombies Garden Warfare 2 é o game em terceira pessoa da desenvolvedora PopCap, baseado no game mobile que foi sucesso alguns anos atrás. O FPS oferece novas plantas e zumbis jogáveis inéditos, além de 12 mapas novos e muito conteúdo nos modos competitivos e cooperativos.

Diferentemente de seu antecessor, esse game conta com um modo singleplayer para plantas e zumbis. Nele, há duas histórias em que o jogador pode ser conduzido pelo Doutor Zumbão ou pelo líder do jardim. Existem ainda algumas missões especiais que o jogador pode cumprir e ganhar bônus.

Homefront 2: The Revolution

Homefront 2 The Revolution
Reprodução
Homefront 2 The Revolution

Ambientado em uma  Filadélfia ainda sob domínio da Coreia do Norte,  Homefront 2 The Revolution coloca o jogador em um mundo aberto, onde deve liderar o grupo de rebeldes norte-americanos. Para escapar com vida, é necessário que o jogador domine bem as ações furtivas.

Apesar de ser um game em mundo aberto, há uma grande parte roteirizada, em que  a patrulha caminha diretamente para uma armadilha, e destruir veículos blindados é tão simples quanto esperar o momento certo e apertar um botão. Isso pode desanimar alguns jogadores, que gostariam de explorar o espaço livremente, contudo, é parte importante da narrativa.

Dead Island 2

Dead Island 2
Reprodução
Dead Island 2

Gosta de matar zumbis? Então  Dead Island 2 foi o lançamento do ano. Com um extenso mundo aberto, o game conta com uma mecânica de combate melhorada, sendo bem mais brutal e muito mais eficaz, contra zumbis bem mais vulneráveis à ataques. É outro game em primeira pessoa que conta conm litros de sangue escorrendo por toda parte.

Outra inovação em relação aos antecessores é a que a criação de armas pode ser feita ao ar livre - e não necessita mais de um local específico. Há ainda o modo multiplayer, que suporta até oito jogadores, que podem valer-se do modo cooperativo ou competitivo para tentar escapar da infestação de zumbis.

World of Warcraft: Legion

World of Warcraft: Legion
Divulgação
World of Warcraft: Legion

Lançada em 30 de agosto deste ano, a expansão World of Warcraft: Legion se tornou um dos games mais rapidamente vendidos na história. A marca supera o número total de vendas combinadas das últimas duas expansões, Warlords of Draenor e Cataclysm.

O buzz em torno de Legions foi tão grande que fez o game atingir durante a semana de lançamento da expansão o maior número de jogadores ativos desde 2010. A Blizzard, produtora responsável pelo game, não revelou qual foi a marca. Considerada uma renovação na franquia, Legion conquistou os fãs ao introduzir novidades ao mundo de World of Warcraft. A principal delas é uma nova classe de personagens, a de caçador de demônios, usada nos combates corpo a corpo no game.

Superhot

Superhot
Reprodução
Superhot

Superhot é um FPS com proposta diferente dos demais games do gênero. Isso porque, neste game, o tempo só avança se o jogador de mover. Há quem diga que o game é monótono, pois não existem frequências alucinadas de tiros, explosões e fugas. Ao contrário, cada ação deve ser planejada, pois a pressa é inimiga do headshot perfeito.

O game também não conta com uma série de reviravoltas ou uma narrativa muito complexa, mas serve para dar uma explicação à matança de bonecos vermelhos sem rosto. Isso traz um ar novo e diferenciado aos FPSs que estamos acostumados. Há sempre um clima de expectativa para saber o que mais está acontecendo a medida em que o jogador avança.

Dark Souls III

Dark Souls III
Reprodução/Youtube
Dark Souls III

Dark Souls III trata-se de um game de aventura no estilo RPG ambientado nas terras fictícias do reino de Lordran, das desenvolveras Bandai Namco e From Software. O jogador assume a identidade de um humano amaldiçoado, que foi escolhido para fazer uma extensa peregrinação saindo do local conhecido como Hospício dos Mortos-Vivos para descobrir qual será o destino dos mortos.

No caminho, o jogador irá enfrentar inúmeros desafios e participar de muitas batalhas, afim de impedir que forças malignas corrompam o bem e dominem a terra. A franquia já conta com quatros games principais.

Bill Gates presenteia garota com games e consoles em amigo secreto online

The Witcher 3: Wild Hunt

 Geralt de Rívia, o bruxo protagonista de The Witcher 3: Wild Hunt
Reprodução/Youtube
Geralt de Rívia, o bruxo protagonista de The Witcher 3: Wild Hunt

The Witcher 3: Wild Hunt é um jogo de ação em estilo RPG, de mundo aberto, e é o último integrante da lista dos melhores jogos para PC. De jogabilidade não-linear, traz a história do bruxo Geralt de Rívia, em uma ampla jornada pelos Reinos do Norte. Enquanto a ordem planetária enfrenta grandes e profundas mudanças, com o macabro exército de cavaleiros vermelhos conhecidos como a Caçada Selvagem destruindo tudo por onde passa, os jogadores devem enfrentar diversos perigos à medida que interagem com os incontáveis outros personagens e completam missões para o progresso da história.

    Leia tudo sobre: Jogos Online
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.