Tamanho do texto

Em painel na CCXP 2016, em SP, Navid Khonsari falou da função social dos games e sobre como suas ferramentas vão mudar o jeito de contar histórias

O desenvolvedor Navid Khonsari, que trabalhou na Rockstar Games, foi a estrela do painel "Games, histórias e experiências", que aconteceu na CCXP 2016, em São Paulo, neste sábado (3).

Imagem de 1979 Revolution, novo game de Navid Khonsari
Divulgação
Imagem de 1979 Revolution, novo game de Navid Khonsari

No papo com Keith Stuart, editor de games do jornal britânico The Guardian, Khonsari falou sobre sua experiência no desenvolvimento de jogos da franquia Grand Theft Auto e sua paixão por experiências jogáveis baseadas em eventos reais.

LEIA MAIS: Pirataria ajudou a criar cultura de games no Brasil, dizem cineastas de "Paralelos"

"Os videogames estão contando histórias cada vez mais diferentes", explicou o norte-americano. "Hoje temos jogos baseados em diversas histórias", continuou.

Para ele, não é só a indústria dos jogos que está crescendo: "Toda a produção cultural está se diversificando, seja nos videogames, na TV ou no cinema". Entretanto, o produtor acredita que as histórias contadas nos jogos marcam mais os jogadores. "Quando você vê um filme, você logo esquece. Mas quando joga um jogo, você quer falar sobre cada detalhe dele", explicou. "É poderoso demais", completou.

1979 Revolution

O game mais recente de Khonsari é 1979 Revolution , baseado na Revolução Iraniana e cujo gameplay se desenvolve de acordo com as escolhas que o jogador faz. "Não é um jogo em que você perde ou ganha, mas suas escolhas têm consequências diferentes."

Baseado em uma história real, 1979 Revolution é uma mostra da força dos videogames em algo além da pura diversão. "Os videogames serão a arma mais poderosa na educação no futuro", previu. "Se você estiver aprendendo sobre o Egito Antigo, você pode usar a realidade virtual para ver aquela época de perto", exemplificou o desenvolvedor. "Isso é muito mais eficaz do que a aula tradicional."

LEIA MAIS: Marcos Mion e Keith Stuart falam sobre autistas nos games

Para Khonsari, os games e suas tecnologias já estão mudando a forma como histórias são contadas. "Você vê isso nos filmes e até no jornalismo, as novas tecnologias estão mudando tudo", garantiu o desenvolvedor.

1919 Revolution se desenvolve de acordo com as escolhas do jogador
Divulgação
1919 Revolution se desenvolve de acordo com as escolhas do jogador


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.