Tamanho do texto

O guia de Final Fantasy XV conta com 1360 páginas sobre o game, divididas em dois volumes; o game será lançado em 29 de novembro de 2016

Final Fantasy XV ainda nem foi lançado e seu guia oficial já está causando burburinho entre os fãs. Isso porque ele tem um tamanho impressionante: são 1.360 páginas - mais do que a Bíblia , que tem cerca de 1.200 páginas. A Square Enix , desenvolvedora do game, começou a pré-venda do guia no Japão. De acordo com as informações já reveladas, ele é dividido em dois volumes, intitulados "Final Fantasy XV Ultimania Scenario Side" e "Ultimania Battle + Map Side".

Final Fantasy XV levaria mais um ano para ser portado ao PC, afirma diretor

Guia de Final Fantasy XV tem mais páginas que a Bíblia
Divulgação
Guia de Final Fantasy XV tem mais páginas que a Bíblia

O primeiro volume traz as informações sobre a mitologia que envolve Final Fantasy XV , além de detalhes sobre os personagens e a narrativa do game, entrando em detalhes do enredo e das habilidades,  além de side-quests e mais. Ele tem 608 páginas e tamanho A5. Já o segundo volume traz um aprofundamento do sistema de batalhas, itens, mapa do jogo e inimigos que o jogador enfrentará. Também em tamanho A5, ele conta com 752 páginas.

Assassin's Creed: The Ezio Collection apresenta bugs após lançamento

Os volumes começarão a ser vendidos oficialmente no Japão, no dia 28 de dezembro deste ano.

Sobre o game

O jogo está em produção desde 2006 - na época, o projeto se chamava Final Fantasy Versus XIII e sairia para o PlayStation 3. Apesar disso, durante a conferência da Sony, na E3 2013, foi anunciada a mudança do nome do projeto e da plataforma.

PS4: Saiba tudo sobre o console mais popular da Sony

O game Final Fantasy XV será lançado em 29 de novembro para PS4 e Xbox One, e contará com menus e legendas em português. Até a ocasião, duas obras dentro do universo do game serão lançadas. São elas: um anime, intitulado "Brotherhood: Final Fantasy XV", e um filme, chamado "Kingsglaive: Final Fantasy XV", com as vozes de Sean Bean, Lena Headey e Aaron Paul. O game não estará disponível para Microsoft Windows,  porque seria necessário adaptar o motor gráfico do game e começar a desenvolvê-lo a partir desse ponto. E, segundo o diretor do jogo, essa seria uma perda de tempo desnecessária. 

    Leia tudo sobre: PS4
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.