Tamanho do texto

"Assassin's Creed: Revelations" traz o final espetacular da trilogia de Ezio Auditore da Fizenre, e é o quarto jogo da franquia que conquistou os fãs

Assassin's Creed Revelations
Reprodução/Youtube
Assassin's Creed Revelations

É o quarto game da franquia “Assassin’s Creed”, terceira e última parte da trilogia de Ezio Auditore da Firenze, também é o último na época do Renascimento. "Assassin's Creed: Revelation" foi lançado para PlayStation 3 e Xbox 360 no dia 15 de Novembro de 2011. Para Microsoft Windows o jogo foi lançado no dia 2 de Dezembro de 2011.

+ Podcast: por que tantos jogos são lançados com problemas?

Jogabilidade e Enredo

" Assassin's Creed: Revelations " começa mostrando que Desmond Miles ficou trancado na maquina Animus, lá ele encontra o Subject 16, que também ficou preso, no inicio do jogo, Desmond fica deslumbrado com o cenário em que acordou, e 16 e ele se encontram, mas acabam discutindo após sua primeira fase do game, ele o faz lembrar dos acontecimentos anteriores do atual, incluindo acontecimentos da própria vida de Desmond.

O jogo realmente começa em 1511 d.C., Ezio Auditore da Firenze já tem uma idade mais avançada que nos games anteriores, e, com isso, mais experiência também. Ele está em busca de segredos escondidos pelo seu antecessor, o assassino lendário Altaïr, em Maysaf, na Síria, antigo lar da Irmandade dos Assassinos . Após ser surpreendido pelos cavaleiros da Ordem dos Templários, o mestre assassino viajou até a capital do Império Otomano, Constantinopla (a atual Istambul, na Turquia).

Assassin's Creed Revelations
Reprodução/Youtube
Assassin's Creed Revelations

A capital está dividida em quatro distritos. Ezio descobre que seu antecessor selou dentro da fortaleza um artefato antigo, que dizem ser uma poderosa arma que poderia acabar com a guerra entre os Templários e os Assassinos para sempre, e garantir o futuro da humanidade, e as chaves para abrir este artefato estariam em Constantinopla. Aqui, o assassino deve encontrar as quatro chaves que abrem a porta da biblioteca de Altaïr, um lugar supostamente cheio de livros que, como é dito no jogo, seriam “mais valiosos que todo o ouro do mundo”. Isso tudo acabava levando o jogador até a cidade de Constantinopla. Ao chegar lá, Ezio encontra Yusuf, líder dos Assassinos na cidade. Então eles precisam trabalhar juntamente para encontrar as Chaves de Masyaf e lutar contra a lendária Ordem dos Templários, o maior inimigo dos Assassinos.

O jogo também continua a contar a história de Desmond Miles nos tempos modernos, após os acontecimentos de “Assassin's Creed: Brotherhood”, onde após ser controlado por Juno e ter supostamente assassinado Lucy Stillman, Miles entra em estado do coma, mas porem é salvo por dois assassinos ainda não revelados, posto de volta no Animus, onde fica entre a vida e a morte. Nesse ponto, o animus entra em modo de segurança, deixando Desmond preso no Black Room. Lá, o jogador deverá explorar e tentar unir os pedaços do seu subconsciente que se encontram fragmentados, só assim poderá recobrar a memória e continuar a sua missão em busca de outros cofres.

+ Resident Evil: será que aquele personagem morreu mesmo? Vídeo responde dúvidas

Esse quarto game introduz várias inovações como a Hookblade (Lâmina gancho), uma extensão curva da Hidden Blade (Lâmina normal), que pode ser usada tanto como gancho, de forma a permitir maior alcance e movimentos de combate novos, quanto como lâmina (arma de combate e de assassinato). O modo de treinamento do jogo anterior da franquia, “Assassin's Creed: Brotherhood”, não está presente, porém foi adicionado um sistema de minigames.

“Assassin’s Creed: Revelations” é cheio de novidades, outra delas é que Ezio agora conta com um novo mentor tecnológico, que fica no lugar de Leonardo da Vinci, que ficou na Itália, no jogo anterior. Em seu lugar, entra Piri Reis, figura histórica conhecida do Império Otomano, que concede ao herói novas possibilidades, como a habilidade de criar e manipular bombas, por meio de elementos obtidos pelos cenários. As bombas variam entre si, indo desde explosivas (que machucam oponentes) a apenas passivas, como bombinhas de fumaça ou de barulho, isso torna os combates mais estratégicos, requerem uma habilidade do jogador para que ele consiga sair da situação ileso..

Assassin's Creed Revelations
Reprodução/Youtube
Assassin's Creed Revelations

O jogador pode jogar missões novamente, para alcançar 100% de sincronização (é o novo sistema de objetivos secundários) ou simplesmente por diversão. Novos modos de jogo multiplayer foram adicionados, muito mais refinados que o modo visto no jogo anterior da franquia. Novas armaduras e armas também forma incluídas na gama de objetos que Ezio Auditore da Firenze pode usar para criar seus assassinatos. As mecânicas de jogo estilo sandbox, vistas em Brotherhood, não são alteradas, e o jogo pode ser completado em pouco tempo. Não é um game tão pequeno quanto o anterior, mas ainda assim, não é tão extenso quanto os episódios I e II da franquia de “Assassin’s Creed”.

+ Capcom divulga trailer e data de Resident Evil Revelations 2 para PS Vita

Foram acrescentadas à série um grupo de ciganas, com o objetivo de distrair os guardas. As ciganas irão substituir as Cortesãs, que deixaram a série após muitos anos de serviços prestados a Ezio. O motivo principal para a saída das cortesãs é o fator histórico, ou seja, elas apenas faziam sentido quando o jogo se passava na Itália, mas ficaram fora de contexto na nova cidade, já que nas ruas de Constantinopla, no século XVI, não existiam cortesãs.

Outro ponto que merece destaque é a liberdade de customizar seu personagem. Ao contrário do que acontecia em seus antecessores, esse game permite que você altere o visual e o estilo do assassino, algo feito a partir de seu desempenho nas partidas. Sua pontuação é convertida nos chamados Abstergo Points, que são usados para desbloquear acessórios e armas exclusivas.

Assassin's Creed Revelations
Reprodução/Youtube
Assassin's Creed Revelations

Novos modos também foram adicionados, como o Artifact Assault, que funciona como um clássico rouba-bandeira, em que o jogador deve invadir o território inimigo e furtar sua bandeira, sem que seja pego.

Um ponto relevante para o desfecho da trilogia do assassino da Villa dos Auditore é o aparecimento de Sofia Sartor, a proprietária veneziana de uma livraria na Constantinopla. Ela entra na trama para formar par romântico com Ezio e, ao final, torna-se sua esposa. O jogador fica sabendo, ao final do jogo, que essa união resultou em duas crianças: Marcello Auditore e Flavia Auditore.

E lembre-se: Em "Assassin's Creed: Revelations", "nada é verdadeiro. Tudo é permitido”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.