Tamanho do texto

A febre de "Pokémon GO" não impulsiona apenas a venda de consoles da Nintendo, mas também estimulou a criação de outros apps ligados ao jogo, como o “Poké Radar”, mapa interativo que mostra onde estão os pokémons

Reprodução/Internet
"Poké radar" é um aliado na caça aos monstrinhos da Nintendo

“’Poké Radar’ foi desenvolvido por entusiastas de ' Pokémon GO'  para entusiastas de ‘Pokémon GO’“, informa o site oficial da atração. Trata-se de um app para iOS e Android (mas também é possível abrir pela web ), em que o usuário tem a possibilidade de localizar pokémons que estão nos arredores, o que facilitaria a tarefa de se tornar um verdadeiro mestre Pokémon à la Ash Ketchum, da Cidade de Pallet. Como não é necessário fazer login, a adesão ao recurso não comprometerá sua conta em “Pokémon GO” .

Para usar o “ Poké Radar ”, é necessário que o jogador permita que o app acesse sua localização. Então, o software busca no sistema os pokémons que estão próximos e os adiciona no mapa. É possível também filtrar qual Pokémon você quer procurar, possibilitando que o jogador encontre um monstrinho específico.

Trata-se de um mapa colaborativo, ou seja, além de utiliza-lo para encontrar os pokémons que precisa, o jogador pode também incluir um monstrinho que cruze seu caminho e ainda não esteja no mapa. Para incluir um Pokémon ao mapa, o jogador deve tocar no local do mapa em que encontrou o monstrinho, colocar seu nome de treinador (por razões de segurança, não é recomendado que esse seja seu nome real). Depois, escolher o pokémon que encontrou dentre os disponíveis na lista e clicar na opção “Submit”. Pronto. O monstrinho já foi cadastrado e ficará disponível para outros jogadores no app.

O mundo só fala em Pokemon Go
AFP
O mundo só fala em Pokemon Go

Para encontrar um Pokémon a partir de uma localização no mapa, basta tocar nele e então, no botão de informações. Na próxima tela, o jogador verá as informações de quem o cadastrou, a que horas ele foi avistado e uma opção para seguir até ele, usando o Google Maps. Por ser colaborativo, há algumas informações falsas usando o app, e por isso, há uma opção (“Vote Down”) para denunciar e ocultar o dado do mapa.

No entanto, algumas críticas e ressalvas são feitas por quem usa o mapa. Por exemplo, se você avistar um Pokémon raro no mapa, é pouco provável que consiga capturar o mesmo Pokémon que o jogador que o cadastrou, visto que eles somem depois de um tempo. Há ainda quem diga que os jogadores mais experientes só vão cadastrar suas melhores capturas, o que pode não ajudar jogadores em busca de um Pokémon específico que não seja tão raro.

É importante lembrar que o "Poké Radar" não é um aplicativo oficial da Nintendo ou da Niantic Labs. É recomendado tomar cuidado ao utilizar esse tipo de serviço.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.