De acordo com levantamento, o setor de eSports deve movimentar até US$ 700 milhões neste ano; setor é o que mais cresce no mundo

Que o mercado de eSports cresce a cada ano não é mais nenhuma novidade. Nem que esse é setor que mais cresce entre os investidores de jogos digitais , ou mesmo o setor da fatia do mercado que mais movimenta recursos no mundo inteiro.

+ Debate na CNB Arena faz balanço do cenários dos eSports no Brasil

CBLoL 2017
Reprodução/LoL eSports
CBLoL 2017

De acordo com um estudo publicado pela NewZoo em fevereiro deste ano, o mercado de eSports teve um crescimento total de 51,7% no ano passado. E as expectativas para 2017 são ainda melhores. Se em 2016 o mercado movimentou cerca de US$ 500 milhões, a projeção é de que, neste ano, os esportes eletrônicos movimentem cerca de US$ 700 milhões. Já para 2020, a projeção chega à casa dos US$1,4 bilhão.

+ Ronaldo Fenômeno fala sobre sociedade com a CNB: "Equipe que tem mais tradição"

Questão de audiência

Estudos realizados nesse campo provam que a audiência de campeonatos de esportes digitais já ultrapassa os números de vôlei feminino e masculino somados. As transmissões via streaming foram as principais responsáveis pelo crescimento da audiência, que em 2016, teve o alcance de 162 milhões de pessoas ao redor do mundo. Já para 2017, a expectativa é que haja um crescimento de 19,6% - atingindo assim cerca de 194 milhões de pessoas no globo.

Contudo, se considerarmos o público casual, que assiste a esportes eletrônicos ocasionalmente, esse número salta para 385 milhões de pessoas em 2017. Com isso, em apenas três anos, é provável que essa modalidade esportiva atinja a mesma audiência que os esportes "tradicionais" ou olímpicos. Tanto é que uma universidade chinesa criou seu primeiro curso de esportes digitais  no final do ano passado.

E o Brasil?

Ainda de acordo com essa pesquisa, o Brasil tem o terceiro maior público de eSports do mundo, ficando atrás apenas da China e dos Estados Unidos. Com isso, muitos empresários e investidores do país encontraram uma oportunidade para investir no setor, garantindo que estarão dentro das tendências de mercado, como o ex-jogador de futebol Ronaldo Fenomêno e o campeão mundial de poker pelo circuito BSOP, André Akkari.

+ André Akkari faz balanço sobre o cenário dos eSports no Brasil

Já nos Estados Unidos e na Europa, o crescimento se acentuou após o envolvimento de times de esportes tradicionais se envolverem nos investimentos. Um desses exemplos é o Paris Saint-German, que adquiriu uma equipe profissional de League of Legends  no ano passado. A forma como isso pode impactar os eSports é muito positiva, principalmente quando se leva em conta os lucros que pdoerão ser gerados com merchandising, publicidade e venda de artigos oficiais dos times. Dessa forma, pesquisa da NewZoo só confirma o que todo mundo já sabia: a tendência dos eSports veio para ficar.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.